Formas de pagamento: quais você utiliza em seu negócio?

formas de pagamento

Formas de pagamento: quais você utiliza em seu negócio?

Formas de pagamento: quais você utiliza em seu negócio? 1200 668 Controle Agora

Com o avanço da tecnologia, as formas de pagamento se multiplicaram. Para que você conheça todas elas, preparamos um artigo especial contando um pouquinho de cada uma – e acentuando suas vantagens e desvantagens

Se você já tem um negócio e quer expandir suas possibilidades – ou se está começando agora e quer aproveitar tudo o que o mercado de pagamentos pode oferecer, veio ao lugar certo.

Já estamos acostumados com alguns formatos de pagamento, certo? Acontece que o mercado cresceu e, atualmente, existem inúmeras possibilidades. Vamos conhecê-las para que você compreenda qual faz mais sentido para seu negócio?

Transferência bancária

A transferência bancária é bem comum entre pessoas físicas. Ainda assim, você também pode aproveitá-la em seu negócio. Além de ser seguro, não serão cobradas taxas para nenhuma das partes em grande parte das vezes.

Se ambos possuírem contas no mesmo banco, a isenção é garantida. Além disso, muitas contas possuem pacotes com corte de custos para algumas transações.

Quando cobrado, o cliente poderá pagar algo em torno de R$ 10 para efetivar a ação.

Dinheiro em espécie

Temos a sensação de que o dinheiro em espécie caiu em desuso. Ainda assim, muitos ainda optam pela opção.

Aqui, não existem cobranças de taxas para realização do pagamento. Porém, quando pensamos no quesito segurança não temos uma resposta tão efetiva: o dinheiro pode ser perdido ou furtado, por exemplo.

Cartão de débito e crédito

Os cartões de débito e crédito são uma ótima opção. No caso do débito, temos a resposta rápida da quantia recebida e taxas que giram em torno de 1,5% do valor pago.

No caso do crédito, encontramos a possibilidade de prazo para pagamento – com garantia do recebimento, tornando-se uma ferramenta para compras mais caras. Neste caso, a taxa varia até 3% do valor total da compra.

 Intermediadores de pagamento para o e-commerce

Aqui, a tecnologia dá as caras. Hoje, já existem alguns intermediadores de pagamentos para e-commerce. Entre eles, está o PayPal. A vantagem principal é, mais uma vez, a segurança.

A taxa, que gira entre 3,5% e 4,5%, traz uma possibilidade interessante: pagamentos com outras moedas sem necessidade de câmbio.

Boleto bancário

 O boleto bancário para pessoas jurídicas é uma novidade oferecida pelos bancos digitais – e logo se popularizou por ser maleável e livre de taxas. Algumas contas PJ permitem a emissão de até 100 boletos por mês sem custo algum.

Sendo assim, existe uma nova forma de pagamento, que costuma ter compensação dentro de 24 horas.

Pagamento por aproximação

O pagamento por aproximação é simples, rápido e fácil. Não é necessário inserir o cartão e digitar a senha, apenas aproximá-lo da maquininha. A opção é eficaz e mostrou a sua efetividade durante a pandemia do novo Coronavírus.

O único ponto de atenção aqui é o valor a ser pago: alguns bancos liberam valores baixos para garantir a segurança e evitar golpes e fraudes.

Pagamentos pelo celular

Pagar pelo celular é bem parecido com o pagamento por aproximação, normalmente tendo intermédio de leitura de QR Code. Outra novidade de pagamento pelo celular é o PIX, que pode ser feito por meio dos apps.

Link de pagamento

O link de pagamento funciona com integração de algum banco. Basta acessar e digitar os dados do cartão. Simples e fácil!

 Expandindo os negócios

Lembre-se: se você precisa de uma empresa de assessoria financeira e contábil que opere com alta tecnologia e caiba no seu orçamento, você acaba de encontrar a solução! Converse conosco e veja como nossos serviços são inovadores.

Open chat