Controle financeiro: o que é e como fazer?

Controle financeiro

Controle financeiro: o que é e como fazer?

Controle financeiro: o que é e como fazer? 1200 668 Controle Agora

Conheça medidas simples que podem ajudar a colocar suas finanças em dia

É fácil dizer: para ter controle financeiro, você precisa poupar. Porém, todos sabemos que na prática este tipo de conselho torna-se praticamente inútil.

Com tantas obrigações, despesas extras, necessidade de investir, e também a vontade de viajar e se divertir um pouco, requerem um planejamento bem elaborado.

Então, o que significa estar no controle de suas finanças? É uma combinação de entendimento de sua posição financeira, gastar menos do que ganha, e confiança na sua capacidade de tomar decisões financeiras.

Se você quer reduzir seu estresse e ansiedade sobre suas finanças, confira estas 5 dicas que vão ajudar você a tomar as rédeas de sua vida financeira.

Preste atenção ao seu fluxo de caixa

Como você faz para gastar menos do que ganha? Isso significa saber exatamente o que você recebe (receita) e o que está saindo (despesas).

Se você não conhecer bem esses dois números, pode ter um estresse desnecessário devido ao sentimento de falta de controle sobre o seu dinheiro.

Um erro comum não é contabilizar as despesas anuais (ou seja, impostos e seguros). Então, é fundamental planejar-se com antecedência a fim de garantir que você tenha dinheiro para cobrir essas despesas quando elas surgirem. Um fluxo de caixa bem controlado ajudará você nesse processo.

Na realidade, existem apenas três maneiras de corrigir uma escassez de fluxo de caixa:

  • ganhar mais dinheiro
  • gastar menos
  • uma combinação das duas coisas

Calcule seu patrimônio líquido

Faça uma lista de todos os seus ativos ou seja, contas de investimento, poupança, imóveis, e outros.

Em seguida, monte uma lista de seus passivos como saldos de cartão de crédito, saldo de financiamentos, saldo de linha de crédito, etc.

Não se esqueça de fazer duas listas: uma para negócios e outra para finanças pessoais. Ao listar seus passivos, anote o valor total devido, mas não seus pagamentos mensais, pois estes devem ser listados no fluxo de caixa.

Subtraia suas responsabilidades totais de seus ativos totais para chegar ao seu patrimônio líquido.

Entretanto, este número não terá sentido sem saber para que você quer atingir. Isso nos leva à etapa a seguir.

Estabeleça metas

O que você quer e precisa realizar? Pense grande! Se você não definir e planejar metas, você não poderá alcançá-las.
Geralmente, as pessoas querem quitar dívidas, economizar no futuro, reservar fundos para a educação dos filhos, se aposentar em uma certa idade ou levar a família de férias.

Isso tudo é ótimo, mas os objetivos precisam ser mais específicos. Se a sua meta é economizar com a aposentadoria, você precisa decidir em que idade deseja se aposentar e quanto de renda por ano deseja.

Muitas vezes, pode ser necessário utilizar o serviço de um planejador financeiro ou consultor, para ajudar a discutir o estabelecimento de metas e criar um plano para atingi-las.

Proteja sua família

Você costuma se preparar para o inesperado? Qual seria o impacto se você não pudesse trabalhar? E se você não estivesse mais aqui?

Haveria um fardo a herdar ou você estabeleceu um plano para cuidar dos entes queridos? É importante analisar o impacto de possíveis cenários para garantir que você tenha a cobertura necessária para proteger sua família.

Invista com inteligência

Você sabe quais são suas opções de investimento? Existe uma grande diferença entre investir em renda fixa, ações, CDI, fundos, títulos públicos etc.

Em cada tipo de investimento você encontrará prós e contras, sem mencionar os diferentes níveis de risco e oportunidade.

Reserve um tempo para aprender o básico. Assim você poderá tomar melhores decisões de investimento e entender como tais decisões afetam seus objetivos de vida.

Se você é proprietário de uma empresa, é importante entender profundamente suas opções, para avaliar se faz mais sentido investir em um portfólio ou investir em seus negócios. Geralmente, uma combinação dos dois é a melhor.

Quando se gerencia um negócio, é comum estressar-se com seu controle financeiro, tanto pessoal quanto da empresa. Entretanto, isso acontece porque muitas vezes você deixa de olhar para sua situação financeira com cuidado.

Isso tudo pode não ser tão complicado assim. Certamente, a ajuda de uma equipe profissional vai ajudar a simplificar suas finanças fazer você sentir-se no controle.

Simplificando, estar no controle nada mais é do que ter consciência da sua situação financeira e tomar medidas para atingir seus objetivos.

Converse com a Controle Agora e entenda como podemos ajudar você a ter um sólido controle financeiro. Seja atendido imediatamente, se precisar.